quinta-feira, 17 de setembro de 2009

VAMOS GAROTA! REAJA!

Foram socos leves em seu peito. Esmurravam seu coração, tiravam seu ar. Gritos mudos ecoando silenciosamente pelas paredes do quarto.
É o momento em que você percebe que nada vai vir. Que nada vai voltar. Que ele não vai voltar. Ela, ela não vai parar. Ela vai sangrar, o sangue vai escorrer da sua boca, do seu nariz, do seu coração. VOCÊ QUER GRITAR. Mas não pode. Não.Pode.
Ninguém pode te escutar, é o seu momento, o momento da sua dor.
Ela percebeu que tudo que ela tinha percebido antes era nada. Era tudo mentira, tudo jogo, brincadeira. Crianças brincando de fazer amor.
Crianças brincando de amar. Crianças tentando não ser mais criança.
Crianças brincando com fogo. Fogo não é coisa pra criança brincar!
E ela/você derrama cada lágrima nas folhas esparramadas pela cama. O teclado a sua frente toca o único som que ela quer que ouçam, o som da dor, em jeito de música. ELA PRECISA BERRAR, berrar, beber, sangrar, voltar. ELA PRECISA VOLTAR. Mas ela não veio de lugar algum, e lugar algum agora é lugar bom pra que ela vá. Ela quer sair, beijar, beijar, beber, beber... beber. Beijar!
E depois sim, ela vai precisar voltar.
Mas que droga! O sangue é tão doce... é tão doce! Ela quer beijar, beijar bocas e morder bocas até fazer sangrar! Ela quer ver sangue escorrendo, assim como o sangue escorre dela. Ela sangra e seu sangue é tão negro. É tão negro. É tanto sangue.
Agora... ela/você/eu vai tomar um banho, lavar o sangue, sair, beber, e não vai voltar.
Não hoje.


Acabou, e durou tão pouco, e foi tão frio, foi tão eu.
Mas acabou! E nada muda isso, nada muda, nada volta.
Se voltar... não sei. Já não sei mais de nada. Percebi hoje que o mundo é um grande lugar pra pessoas de pequenos corações. E que a distancia não é de mentira. Mas sei que cada um que passa na minha cabeça, vai ser lembrado, algum dia. Ele com toda certeza vai. Com toda certeza.

4 comentários:

  1. Olá Rhaisa!!!!

    sangue doce.. hum!

    belo texto *-*

    ResponderExcluir
  2. eu/você/ela,cada um de nós passa por situações semelhantes.

    sangue é tão atraente,que as vezes nos machucamos pra ver se ele ainda está lá pulsando.

    ResponderExcluir
  3. oie amiga!!! vc sumiu!!
    saudadess ta tudo bem?!
    bjux tenha uma otima semana

    ResponderExcluir
  4. Uau!
    Tão intenso!
    Adorei.
    Pude sentir seu desespero, garota.
    ÓTIMO!
    beijão

    ResponderExcluir