terça-feira, 27 de outubro de 2009

pain and love


Eu não sinto nada, sou um poço sem fundo. Um poço sem água, um poço sem sentido em um deserto que ninguém visita, que ninguém quer percorrer.
Eu quero sentir, quero ter um porque.
Quero amar, quero amor louco e irresistivel, quero amor a primeira vista, quero amor de verdade.
Quero amor longo e tonto. Quero amor quente e forte. Quero amar com brigas e com angústias, quero amor apaixonado. Quero amar alguém que se encaixe, quero ser o encaixe perfeito de alguém. Quero amor inconfundivel e irrevogável. Quero um amor que os outros amem. Quero amor chamativo, amor comentado. Quero amor com beijos e caricias, quero amor com arranhoes e tapas na cara. Quero amor ciumento e sinsero.
Quero amor com rotina e com surpresas. Quero amor que dure, amor que cresça, amor que de saudade e que jamais eu esqueça.

5 comentários:

  1. Uau! Quando a gente quer a gente consegue, hein. Depois não quero ouvir reclamações. haha
    brinqs.
    Beijos, linda.

    ResponderExcluir
  2. dor e amor.
    acho que na vida não precisariamos passar por dores sentimentais.
    mas o amor traz como consequencias crueis a dor.
    e vc conseguirá achar uma caminho que cruze com outro e será o melhor cruzamento [sentimentalmente falandp] q vc poderá imaginar...
    abraço
    ótimo fds imendado.
    =]

    ResponderExcluir
  3. Amor é assim um monte de emoções conjuntas eloquentes e gostosas :D


    =*

    ResponderExcluir
  4. Porque há de ter triste em todo amor? Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga!
    Ja ouviu aquela musica "?" quem enventou o amoOOOr me explica por favooOOOR do Renato Russo? :)
    Ficou show seu poste
    bjz

    ResponderExcluir