sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Texto sobre minhas lágrimas nº1

Eu tenho esse buraco negro dentro de mim. Não sei como meu corpo consegue liberar tantas lágrimas. Basta eu parar por um segundo e pensar, pensar em tudo e qualquer coisa. Tudo na minha vida. Todos os meus dias tem me dado vontade de liberar essas malditas lágrimas. Esse buraco negro dentro de mim tem engolido toda minha felicidade e se desfeito dela de uma maneira tão fácil que já não consigo mais controlar. Quando eu vejo, toda a felicidade já foi engolida e levada pra esse lugar desconhecido. Não consigo encontra-la e quando cria-se nova felicidade dentro de mim, logo é engolida também. Não há espaço pra ser feliz em mim, pois esse buraco negro cresce mais a cada dia. E quando penso que está passando, que esta diminuindo, que esta melhorando, não está. Porque minha alegria só faz ele crescer. Minha alegria é seu alimento. Ele transforma toda minha alegria num vazio absurdo. Eu sou um buraco negro e não consigo mais ser feliz.  

Um comentário:

  1. Buraco Negro...
    Gostei dessa interpretação para esse sentimento, q de certa forma tem me perseguido tb...
    E por onde quer que eu vá, olhe e tente n tem como fugir!

    ResponderExcluir