segunda-feira, 1 de outubro de 2012

A toa.

Confiar no meu taco.
Não sentir ciúmes de você.
Não querer você só pra mim.
Não ter medo de te perder.
Confiar no meu taco.
Não proibir tuas conversas.
Não detestar tuas colegas.
Não ler tuas mensagens.
Confiar em você.
Não duvidar das tuas palavras.
Não querer você só pra mim.
Não sofrer a toa.
Confiar em você.
Quando você disser que foi tola.
Quando você pedir desculpas.
Quando você jurar que não vai se repetir.
Confiar em mim.
Que eu não pensarei nisso de novo.
Que eu não brigarei por isso de novo.
Que eu não sofrerei de novo.
Confiar no meu taco.

Que taco?

3 comentários:

  1. Confia no teu taco que teu poema foi um arrazo !
    Eu rimei?pois seria esse o meu intuito ,mas como as rimas nao sao minhas amigas deixo pra voce que fez bem !

    ResponderExcluir
  2. As vezes é complexo e complicado passar por algumas situações,diversas vezes procurei uma saída,resposta e nada..com tempo aprendi a confiar em "nós" , sem deixar de confiar em mim.

    ResponderExcluir